POLÍCIA

Bandidos assaltam joalheria no centro de Frutal

30 jul, 2019

Durante a manhã desta segunda-feira (29), uma joalheria, localizada no centro de Frutal, foi alvo de roubo envolvendo três indivíduos,  dois deles foram os responsáveis por anunciar o assalto enquanto o outro vigiava as movimentações nas proximidades do estabelecimento.

Ao longo da ação, além de determinarem ao comerciante que não reagisse por meio de diversas ameaças, os assaltantes pediram para que a vítima entregasse as jóias e também o dinheiro que estavam no local. Para dificultar os trabalhos das autoridades, criminosos trocaram as roupas ainda no local com o intuito de evitar a identificação da ação pelas pessoas que estavam próximas da relojoaria. Após o ocorrido, os ladrões ainda amarraram a vítima em uma cadeira e fugiram .

Com o auxílio de câmeras de segurança presentes no entorno do comércio, após ser acionada até a área do assalto, a equipe da Polícia Militar conseguiu identificar um dos autores. Depois de realizar um levantamento sobre o assaltante, a PM localizou o bandido saindo da própria residência com as jóias roubadas, que seriam vendidos. No decorrer da ação dos policiais, o criminoso, que é menor de idade, se assustou e tentou fugir, porém logo foi detido pelas autoridades. Juntamente da apreensão, todos os materiais e parte do dinheiro roubado foram recuperados.

O cabo da Polícia Militar, Paulo André, ressaltou que o menor capturado já é conhecido pelas autoridades. Sobre o restante dos envolvidos, ele esclareceu que até o momento não foi feita a identificação dos autores, mas salientou que os policiais estão trabalhando nas investigações e já contém alguns rastros sobre os suspeitos. Ainda de acordo com o policial, será encaminhado para o Ministério Público e para o Poder Judiciário o pedido de internação do menor apreendido.

Segundo Paulo André, os bandidos tentaram evitar a presença dos policiais, visto que agiram durante a manhã, logo no início do funcionamento dos comércios, imaginando que não existia policiamento no horário. “O crime está sempre tentando driblar a segurança pública. Eles observam que em determinado horário, na imaginação deles, há um policiamento menor, quando na verdade isso não existe”, destacou o oficial.

O cabo da PM também realizou um alerta sobre o crime de receptação e orientou que as pessoas parem com a prática, uma vez que a atividade também é grave e incentiva a atuação dos bandidos. É válido lembrar que o ato de adquirir materiais roubados é passível de multa e até mesmo de reclusão.