GERAIS

Dengue: 25 mortes já foram confirmadas no Estado

09 maio, 2019

Vinte e cinco pessoas morreram por dengue neste ano em Minas Gerais. O balanço foi divulgado na manhã desta terça-feira (7) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES). Outros 82 óbitos estão sob suspeita de terem sido causados pela doença.

Segundo a SES, Minas está em alerta máximo por conta do aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes. Até essa segunda (6), o Estado registrou 209.276 casos prováveis de dengue.

As mortes já comprovadas aconteceram nos seguintes municípios: (9) Betim, na Grande BH, (8) Uberlândia, (2) Contagem, (2) Unaí, (1) Arcos, (1) Frutal, (1) Ibirité, (1) Paracatu.

A pasta ressalta que as 82 mortes em investigação para dengue foram notificados de janeiro a maio deste ano e, portanto, não são necessariamente óbitos recentes.

Em relação à Febre Chikungunya, Minas Gerais registrou 1.587 casos prováveis da doença em 2019. Até o momento, não houve registro de óbitos suspeitos da doença.

Já em relação à Zika, foram registrados 650 casos prováveis da doença em 2019, até a data de atualização do boletim.

De acordo com a secretaria, um registro maior de casos é esperado para este período, em que os meses são quentes e chuvosos. Trata-se da sazonalidade da doença. Por essa razão, o Estado está em situação de alerta para esse aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes (dengue, Chikungunya e zika).