POLÍTICA

Deputado destina uma ambulância para Fronteira

18 jul, 2018

Os moradores de Fronteira agora podem comemorar a chegada de uma nova ambulância para o serviço de saúde municipal. O deputado estadual Arnaldo Silva (DEM), por meio de sua emenda parlamentar, conseguiu beneficiar o município com mais esse recurso para Fronteira.

O veículo foi entregue na manhã de quinta-feira (7), em Belo Horizonte, para o prefeito Marcelo Passuelo. “Com a entrega desta ambulância, o atendimento médico de Fronteira vai ficar mais ágil e eficiente. Os pacientes poderão ser socorridos com o conforto e a atenção que merecem”, destacou Arnaldo.

Segundo Cristiane Toquim, ex-vereadora de Fronteira e grande parceira do deputado na região, o veículo vai ajudar bastante o fluxo de atendimento dos pacientes. “Com a nova ambulância, além de integrarmos mais um veículo para o nosso serviço de saúde, o transporte vai ficar mais dinâmico e eficiente. Em nome de todos nós que acreditamos muito no trabalho do Arnaldo, gostaríamos de agradecer imensamente pelo zelo e compromisso dedicados ao nosso município”.

PARTICIPAÇÃO – Desde o início de seu mandato, Arnaldo destina recursos de suas emendas parlamentares para diversos setores de Fronteira, inclusive para mobilizar a melhoria dos serviços de saúde.

Para a APAE de Fronteira, Arnaldo também já destinou recursos de emendas parlamentares para a compra de equipamentos para beneficiar os alunos da associação. Ainda com a perspectiva de desenvolver o sistema de ensino do município, o deputado Arnaldo viabilizou, com o Governo de Minas, recursos destinados à Escola Estadual João Kopke para a manutenção e melhoria de sua infraestrutura.

LUTA – Arnaldo ainda persiste cobrando do Governo de Minas outras demandas não menos importantes do que as já conquistadas. Dentre elas a criação de uma Regional de Educação e de Saúde na microrregião de Frutal (Baixo-Vale), composta por Fronteira e outros dez municípios.

O deputado também já solicitou a Cemig um processo de revisão e adequação do sistema de iluminação pública, a criação e implantação de subestação de energia, extensões de redes e instalações de transformadores no Distrito Industrial de Fronteira, além de cobrar da Companhia esclarecimentos e informações sobre o processo da transferência dos Ativos de Iluminação Pública.