POLÍCIA

Homem efetua tiros contra o GEPMOR

20 jun, 2018

Um homem identificado como Ondimar José Guardiano, de 42 anos, fugiu após atirar contra policiais do Gepmor na noite de terça-feira (19). O suspeito foi interceptado pela Polícia Militar no cruzamento das ruas Itapagipe e Bandeirantes, no bairro Estudantil, enquanto ele perseguia de carro a ex-mulher, a quem ameaçava de morte.

Impedido de continuar seguindo a mulher, Guardiano não obedeceu à ordem de parada e fugiu em direção a BR-364, sentido Planura. Momentos depois, seu carro, um Passat, prata, placa CCF-7363, foi encontrado abandonado em um canavial a cerca de 2 km da Usina Frutal. Ondimar Guardiano não havia sido localizado até encerramento desta matéria.

Conforme a ocorrência, era por volta de 22 horas quando a central da PM recebeu o comunicado de que um homem armado estaria perseguindo uma mulher pelas ruas de Frutal. De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito ameaçava matar sua ex-mulher, Michele Machado da Silva, de 37 anos, e a mãe dela, Vera Lúcia Machado da Silva, de 58 anos.

Michele já havia sido ameaçada antes e possuía medida protetiva contra o ex-marido. Mas ele desobedeceu à ordem emitida pela justiça e voltou a procurá-la.

Após desobedecer a ordem de parada e ser perseguido pelos policiais, Guardiano sacou a arma e atirou contra o Gepmor. Um tiro acertou o para-lama da motocicleta do sargento Igor Diniz, mas ele não foi ferido. Não se sabe se Ondimar foi atingido durante a troca de tiros. O veículo dele foi apreendido e está à disposição da justiça.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Ondimar Guardiano pode ligar gratuitamente para o 190 da Polícia Militar ou para Disque Denúncia, 181. Em nenhuma das opções é preciso se identificar.

O Sargento Igor Diniz conta como tudo aconteceu em entrevista ao repórter Samir Alouan.