POLÍCIA

Homicídio no banheiro da praça da Matriz é julgado

03 02 2017renatofurtado2017

08 jun, 2018

Em sessão de julgamento que aconteceu ontem, Sentaram no banco dos réus Daniel Assunção Silva e Sabino Suliano Neto, suspeitos na participação do homicídio de Paulo Silas pereira em crime que ocorreu no dia 22 de Junho de 2006 no banheiro da praça da matriz. Daniel foi condenado a uma pena de 4 anos em regime aberto e Sabino Suliano foi absolvido.

O Advogado Renato de Oliveira Furtado que defendeu Daniel, fala sobre a demora do processo que durou cerca de 12 anos em entrevista à repórter Cely de Paula.

O Advogado Renato Furtado faz uma avaliação do júri realizado ontem no fórum de Frutal.