POLÍCIA

Mototaxista é assaltada em Frutal

12 03 2017 - assalto

12 mar, 2018

Três homens foram presos na sexta-feira (9) pela Polícia Militar, suspeitos de envolvimento no roubo e receptação de uma motocicleta em Frutal.  O veículo – uma Yamaha YBR 125cc, de placa OPS-9848 – pertence à mototaxista Amara Ann Dunae Ribeiro Silva, 18 anos. O assalto, praticado durante uma corrida, aconteceu por volta de 14 horas, próximo ao antigo lixão, situado às margens da LMG-733 (rodovia de acesso a Pirajuba). Ameaçada de morte, a vítima foi forçada levar a moto até o local do crime.

Dos três suspeitos presos pela Polícia Militar, um é acusado de roubo e dois de receptação. Conforme a ocorrência da PM, o desocupado Fernandes Gabriel da Silva, 27 anos, teria roubado a moto e, horas depois, vendido para Adeilton Correia Rodrigues, 24 anos e Joerberth Pereira Mendes, 26 anos, que foram flagrados com o veículo no povoado do Garimpo do Bandeira. Fernandes, que é suspeito de ter sido o autor de outro assalto a mototaxista, registrado no mês passado, foi encontrado em Planura.

Além do roubo, Fernandes Gabriel Silva também responderá por tentativa de estupro. Isso, porque durante o assalto, ao levar a vítima até um local ermo, o suspeito teria pedido a vítima para tirar a roupa. Ela se negou e o rapaz, temendo ser descoberto, fugiu levando a moto e o aparelho celular de Amara. Depois de caminhar por cerca de 500 metros, a jovem – com auxílio de terceiros – conseguiu manter contato com a Polícia Militar, que rapidamente iniciou rastreamentos a procura do ladrão.

Colegas de trabalho da vítima, que presta serviços no Top Mototaxi, que tem sua base na rua Nova Ponte, 821, no Jardim das Laranjeiras, participaram das buscas pelo veículo. Inclusive, foram eles que localizaram a moto com os receptadores. Aos policiais militares, Adeilton e Joerberth confessaram que pagaram apenas R$ 50,00 pela moto, que possui valor de mercado superior a R$ 7 mil. Após serem presos, os três suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Frutal.