POLÍCIA

PM e MP falam a respeito da confusão com vereador

27 nov, 2018

Na madrugada da última sexta-feira, o Ministério Público com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Conselho Tutelar, desencadeou uma ação de fiscalização para coibir menores que estivessem fazendo uso de bebidas alcoólicas e drogas em festas e eventos. A operação aconteceu na última sexta-feira no local denominado casarão, localizado na Rua Senador Gomes, e na oportunidade, segundo consta no boletim de ocorrência, o Vereador Bruno Augusto de Jesus Ferreira, seria um dos organizadores. Assim que chegaram ao local, os agentes se depararam com vários menores fazendo a ingestão de álcool, que logo foram dispensados por eles assim que perceberam a presença da força policial. Ainda de acordo com a ocorrência, o vereador Bruno teria dito “O cidadão Frutalense deveria a passar vender drogas e mexes com coisas ilícitas, uma vez que não tem como se divertir na cidade, por causa do papel da P.M. que vive interferindo em tudo”. Segundo os militares que assinaram a ocorrência, o vereador estava embriagado e provocando os militares.

O Major Ivanildo Gomes dos Santos, comandante da quarta companhia independente de Polícia Militar em Frutal, concedeu entrevista exclusiva sobre o assunto ao repórter William de Aquino. O major Ivanildo relata o que aconteceu naquela madrugada.

O Promotor Fabrício Loppo esclarece que caso os menores tivessem pulado os muros para entrar no local, a responsabilidade dos organizadores de permanência dos mesmos no evento é igual.