GERAIS

Servidores em Minas Gerais podem ficar sem o 13º

06 11 2018 - Minas Gerais

06 nov, 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, pelo menos 1,5 milhão de servidores estaduais correm o risco de não receberem o 13º salário até o fim do ano. Minas Gerais é um dos estados sem dinheiro em caixa para o pagamento dos funcionários, apesar de confirmar a busca por verbas a fim de cumprir o compromisso. Além de Minas, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte estão na mesma situação. Só no Estado, entre servidores da ativa e aposentados, são 609 mil nessa situação. As informações são do jornal O Tempo.

Em nota, o governo de Minas explica que a questão do 13º será discutida em reunião com a Comissão de Acompanhamento da Folha de Pessoal, formada por representantes do Executivo estadual e de sindicatos dos servidores públicos, ainda sem data nem local definidos.

Há dois anos e meio, os funcionários do Estado recebem seus salários de forma parcelada e, em 2018, os atrasos também passaram a ser mais rotineiros. Em 2017 o 13º foi parcelado em quatro vezes, à exceção de servidores da segurança pública e da Fhemig. Vale lembrar que Minas Gerais tem uma das maiores folhas de pagamento do país, chegando ao patamar de R$ 2,1 bilhões. Dos 609 mil servidores, 42% são aposentados (255.406 servidores) e têm sido os mais afetados com os parcelamentos.

Fonte: Jornal da Manhã